46 3224-6420
Ginecologia e Obstetrícia

Dr. Adyr José Suzin

CRM 23012

 

 

 

Formado em Medicina pela UCPEL – Universidade Católica de Pelotas.Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela UCPEL – Universidade Católica de Pelotas.Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO – Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.Especialista em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia pelo CBR – Colégio Brasileiro de Radiologia e FEBRASGo – Fundação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.Pós-Graduado em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina do ABC (SP) e Instituto ISEXP – Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática. Pós-Graduado em Reprodução Humana Assistida pelo Instituto Sapientiae e Faculdade de Medicina Jundiaí.Pós-Graduado em Cirurgia Minimamento Invasiva no Hospital Sírio Libanês (SP).

 

Conheça todos os procedimentos que o dr. Adyr Suzin atua na Clínica Matriline:

  • Exames de Rotina e Complementares
    • São fundamentais para a prevenção de doenças e cuidado da saúde sexual e reprodutiva da mulher. A consulta ginecológica deve ser realizada uma vez ao ano, no mínimo. Os exames que podem ser realizados no consultório ginecológico são: Toque vaginal; Especular; Exame clínico de mama; Preventivo líquido; Colposcopia; Vulvocospia; Videocolposcopia; Ultra-som Transvaginal.
  • Gravidez/Saúde Gestacional
    • Se você está grávida, deve iniciar o pré-natal, acompanhamento da evolução da gestação para cuidar da saúde da mulher e de seu bebê até que o parto ocorra. Vai além do cuidar da saúde física, pois é durante o pré-natal que o médico orienta a mulher sobre sua gravidez, os cuidados que ela deve ter neste período, a nutrição, exercícios, trabalho de parto, parto, aleitamento e outros temas. Há a oportunidade de conversar sobre suas dúvidas e seus medos, de ter um apoio. Saúde Gestacional Devido à alteração hormonal no organismo feminino durante a gravidez, podem ser percebidas transformações em muitas partes do corpo. Alguns cuidados a gestante deve tomar para amenizar os possíveis sintomas da gravidez no tocante a inchaço nos pés; dores nas costas; manchas da pele na gravidez; alimentação e hidratação diária, que deve ser de pelo menos dois litros.
  • Estética Íntima
    • Monalisa Touch/ Rejuvenescimento Vaginal Permite a restauração funcional da vagina, que ajuda a lutar contra e atenuar os sintomas relacionados à atrofia vaginal, um problema disseminado entre mulheres pré e pós menopausa. este tratamento pode eliminar os sintomas incômodos de prurido, irritação e dor, que podem ser particularmente agudos durante a relação sexual. Sua ação benéfica pode contribuir para melhorar a autoconfiança e prazer sexual. -Indicação: é o tratamento ideal para aquelas que estejam procurando por um procedimento menos invasivo em comparação a tratamentos tradicionais cirúrgicos ou farmacêuticos, tais como para secura vaginal , incontinência urinária, atrofia vaginal, entre outros. Lembre-se, ninguém é melhor que seu médico para aconselhá-la sobre o Monalisa Touch e saber o que é melhor para a obtenção dos melhores resultados. -Recuperação: A maioria das mulheres relata leve desconforto local após o tratamento laser e durante os primeiros dias após a sessão. Durante o período de cicatrização, pode ser recomendado evitar levantar peso ou algumas atividades, tais como tomar banho quente de banheira ou exercício físico. Seu médico fornecerá as indicações específicas para uma recuperação rápida.
  • Menopausa
    • Menopausa é o período fisiológico após a última menstruação espontânea da mulher. Nesse espaço de tempo estão sendo encerrados os ciclos menstruais e ovulatórios. O início da menopausa só pode ser considerado após um ano do último fluxo menstrual, uma vez que, durante esse intervalo, a mulher ainda pode, ocasionalmente, menstruar. Esse tempo de transição que antecede a menopausa é chamado de climatério. Ele representa a passagem da fase reprodutiva da mulher para a não reprodutiva. O organismo deixa de produzir, de forma lenta e gradativa, os hormônios estrogênio e progesterona. A menopausa é mais um estágio na vida da mulher. Nesse período ocorrem transformações no organismo feminino, que aumentam a possibilidade de aparecimento e agravamento de doenças. Não há uma idade exata para a menopausa: ela varia de mulher para mulher. Em média, ocorre entre os 45 e 55 anos. Pode acontecer antes dessa fase, de forma espontânea ou cirúrgica – a chamada menopausa precoce. A menopausa cirúrgica ocorre após a retirada dos ovários ou do útero. Quando aparece após os 55 anos, é intitulada menopausa tardia.
  • Infertilidade Feminina
    • A produção dos óvulos ocorre juntamente com a formação do feto, ou seja, as mulheres já nasceriam com os óvulos para serem liberados ao longo da vida, a cada menstruação. Dessa forma, quanto mais idade a paciente tiver, mais velho seria o seu óvulo, dificultando a ocorrência da gravidez. Estudos recentes apontam, entretanto, a probabilidade de que mulheres adultas também produzam novos óvulos, o que poderia ampliar a eficácia dos tratamentos de infertilidade feminina. Para analisar as causas da infertilidade feminina, a paciente deve se submeter a alguns exames. São vários fatores que podem gerar a dificuldade de engravidar para a mulher. Dentre os mais comuns, estão: Distúrbios hormonais que impedem ou dificultam o crescimento e a liberação do óvulo (ovulação); Síndrome dos ovários Policísticos; Problemas nas trompas ou tubas uterinas, provocados por infecções ou cirurgias; Endometriose; Ligadura das trompas; Muco cervical que impede a passagem dos espermatozoides; Infecção no colo do útero; Idade.
  • Doenças Femininas
    • O aparelho reprodutor feminino apresenta complexidade que pode levar a algumas doenças específicas às mulheres. A mais famosa delas é a Tensão Pré-Menstrual (TPM), junto com a Cólica, Candidíase, Ovários Policísticos, Mioma, Corrimentos, Endometriose, Osteoporose, Vaginose Bacteriana, Vulvite ou Vulvovaginite, Infecção Urinária, Câncer de Cólo de Útero, Câncer de Mama, HPV, Tromboembolismo Venoso, Tricomoníase, DST’s, Cervicite ou Endocervicite.
  • Reprodução Humana Assistida
    • As técnicas de reprodução humana assistida são o método de eleição para o tratamento da infertilidade e compreendem a manipulação dos gametas masculinos e/ou femininos fora do corpo humano, com o objetivo de obter uma gravidez. Dessas técnicas fazem parte a inseminação intrauterina, a fertilização in vitro, a microinjeção intracitoplasmática de espermatozoides, a transferência de embriões a fresco ou criopreservados, a criopreservação de embriões e gametas e os ciclos de tratamento com gametas de doadores. O método mais simples é a inseminação intrauterina, que pode ou não incluir estimulação ovária, e a técnica mais complexa é a microinjeção intracitoplasmática de espermatozoides, que envolve a manipulação de ambos os gametas, introduzindo-se manualmente um espermatozoide num óvulo de modo a fecundá-lo.
  • Cirurgia Ginecológica Minimamente Invasiva
    • As inovações tecnológicas permitem a realização de cirurgias minimamente invasivas que dão aos pacientes e aos médicos benefícios consideráveis sobre os procedimentos tradicionais. A Cirurgia Minimamente Invasiva está disponível para o tratamento de diversas patologias e, principalmente, para uso ginecológico. O elevado nível de segurança do procedimento gera grandes vantagens aos pacientes, como:  - Menor tempo cirúrgico; - Cortes menores e menor sangramento; - Menor tempo de internação; - Diminuição das dores e complicações pós-cirúrgicas; - Rápida recuperação no período pós-operatório. Estes procedimentos, para os médicos, oferecem uma visão ampliada do campo operatório, instrumentos articulados que proporcionam maior amplitude de movimentos e melhor ergonomia durante o procedimento. Com isso, o médico visualiza as estruturas em grande detalhe, que por meio do procedimento tradicional não seria possível. As cirurgias minimamente invasivas oferecem amplas vantagens no campo da ginecologia, como no tratamento de doenças do útero, ovários e trompas. Os procedimentos são mais seguros, principalmente quando falamos dos órgãos reprodutivos, tão essenciais para a saúde da mulher.
  • Implantes Hormonais
    • O tratamento de Terapia de Reposição Hormonal (TRH) é realizado por meio da implantação subcutânea de um segmento de tubos de silicone semipermeáveis. Esses tubos medem de 4 a 5 cm e comportam cerca de 50mg de uma substância hormonal pura, que pode ser estradiol e testosterona bioidêntica, ou progestínico. Tais substâncias podem ser usadas de forma associada ou não, de acordo com a necessidade de cada paciente, verificada em exames específicos. Os implantes podem ser colocados em qualquer parte do corpo, preferencialmente na região glútea. O procedimento de implantação dura menos de dez minutos, é indolor - já que é feito com anestesia local - e não apresenta restrições. Após a implantação, o hormônio é liberado gradativamente na corrente sanguínea, de maneira segura e com dosagem personalizada, por um período de seis meses a um ano.

 

Saiba mais sobre estes procedimentos clicando aqui.

Sexta-feira, 01 de Julho de 2016
Voltar
46 3224-6420
falecom@matriline.com.br
Rua Itacolomi, 946 - sala 201 - 2º andar - Edificio Vega - Centro - Pato Branco / PR - CEP 85.501-240